Para ser feliz no Home Office

Acho que quase todo mundo sonha em trabalhar em casa – o tão comentado home office. E aí que no começo desse ano eu realizei o meu!

Para quem não sabe, eu sai do meu emprego na área comercial de uma marca em São Paulo e voltei para a casa dos meus pais em São José dos Campos (onde morei durante minha adolescência) para trabalhar como consultora de imagem (já viram minha empresa Maistrê?!). E, desde então, estou me aventurando no home office! Mas como todo paraíso tem mosquito, esse modelo de trabalho não é tão lindo e fácil quanto todo mundo acha! Aqui vão as minhas dicas para quem quer adotar esse esquema:

Pijama não é roupa de trabalho! – Nem pense em passar o dia inteiro com qualquer roupa. Apesar de estar em casa, você está trabalhando, então o ideal é vestir-se para tal. Ao se arrumar como se fosse sair para trabalhar, sua postura já muda e você fica mais focado, tirando o clima de “casa e preguiça”. Sem falar que, já pensou se aparece uma reunião ou visita de última hora?! É melhor já estar preparado para o que der e vier!

Oi, escrivaninha! – não, cama não é local de trabalho. Conheço pouquíssimas pessoas que conseguem trabalhar deitadas em sua cama e render bastante. Tenha um espaço específico para isso para focar no trabalho e também para deixar as coisas referentes a ele organizadas e num lugar específico. Se você não pode ter um cômodo só para isso, tenha, pelo menos, um espaço (armário, prateleira, estante, gaveteiro) reservado só para o material de trabalho. Aliás, deixe suas coisas pessoais separadas das de trabalho!

Home office fundo branco

Deixe bem claro que você está trabalhando! – As pessoas – tanto da sua casa quanto seus amigos – tendem a achar que agora que você está em casa tá na vida boa e pode fazer o que quiser, a hora que quiser. Mas não é assim, né? Explique para todos e corte qualquer tentativa de “dá uma passadinha no mercado pra mim?”, “Resolve aquilo lá no banco?” ou “Pesquisa isso para mim já que agora você está mais sossegado?”. Aprenda a dizer não para essas propostas que só vão te atrapalhar!

D-i-s-c-i-l-p-l-i-n-a – Com certeza está sendo a parte mais difícil pra mim, principalmente porque eu não tenho um chefe ou horários e metas a cumprir definidos por outra pessoa. Defina – e cumpra! – quais serão as suas horas de trabalho e tudo o que você quer fazer durante o seu dia e a sua semana. Não relaxe nisso para não diminuir o seu rendimento!

Não se isole – Distraído pelo trabalho, de repente você vai perceber que passou o dia sem falar com pessoas fora da sua casa e que está meio isolado do mundo – e das pessoas do seu meio. Então, é legal marcar encontros e reuniões com colegas de profissão, circular por eventos da área… Você não quer ser esquecido e ficar por fora do que tem acontecido no mercado, né?

Tem mais alguma dica para trabalhar com home office?! É só comentar =)

Tags: