Job-à-Porter | Um blog sobre o lado profissional da moda. | Página: 13
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
Nova fase =)
NOVA FASE =)
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
0 Com.

Dica rápida para entrevista!

Quando você for a uma dinâmica ou entrevista, você tem que mostrar os assuntos e habilidades que você sabe e domina, lógico. Mas cuidado ao dizer frases do tipo:

“Eu sei tuuudo sobre isso…”, “Estudei tudo a respeito disso…”…

Além de provavelmente não ser verdade (dificilmente alguém sabe exatamente tudo sobre algo, né?), você passa uma imagem de prepotente e arrogante, como se fosse o dono da verdade e não tivesse nada mais a aprender, sabe?

Troque as tais frases por termos do tipo:

“Estudei bastante a respeito disso…”, “Li muito sobre isso…”, “Acredito que esse é um assunto no qual tenho bastante conhecimento…”

Ser confiante, SIM! Ser arrogante, NUNCA!

0 Com.

Dicas de como se vestir para o trabalho – por Joe Zee!

Já ouviram falar do “Stylista”? É um reality show do tipo do “O Aprendiz”, mas com pessoas concorrendo a um cargo de editor junior na Elle americana. Para quem se interessa por esse mercado, vale muito a pena assistir!

Bom, hoje eu estava assistindo ao primeiro episódio (assisto séries nesse site: Sidereel), e o Joe Zee (editor criativo da revista, um fofo e muito competente!!!!! Ele aparecia muito em The City) falou com os candidatos sobre três regras básicas na hora de se vestir para trabalhar na Elle. Apesar de ele ter especificado que era para a revista em questão, acho que super vale para qualquer escritório/empresa de moda!

1. “Primeiras impressões são importantes”: Não adianta, em qualquer país ou trabalho a primeira impressão é a que fica (se não fica, vai durar por muito tempo, pode ter certeza)! E acho que na moda, que é uma área que lida com as aparências, essa regra deve ser ainda mais enfatizada. Ou seja, use roupas impecáveis de limpas e bem passadas, sapato bem cuidado, cabelo limpo e arrumado…

2. “Conheça as últimas tendências”: Não que você tenha que ir montada no colour blocking, mas usar uma ou outra peça de cor forte mostra que você está por dentro das novidades. Acho que essa é uma dica que é um pouco mais focada em revistas de moda, já que, afinal, elas divulgam as últimas tendências e querem que seus funcionários estejam a par de tudo. E é importante, também, deixar claro uma coisa: nunca negue seu estilo! Se você odeia cor, não precisa seguir justa essa tendência, né?

3. “Tenha um look versátil e funcional”: muito, muito importante!!! Tá, aquela blusa é bapho, maravilhosa! Só que toda hora você precisa ficar arrumando a manga. NADA funcional! Sapato escândalo, só que você só consegue andar devagarzinho? NADA funcional! Bolsa que caiba tudo o que você precisa para um dia de trabalho na rua, sem ficar caindo ou pendurado nada pra fora? MUITO funcional! E além de ter roupas funcionais, é importante também ter looks versáteis porque você nunca sabe o que pode servir. De repente, surge um evento que você precisa cobrir à noite, sua vida vai ser muito mais fácil se a sua roupa for versátil o suficiente para ir ao tal evento. Sem falar que muitas vezes, num mesmo dia, você precisa ir a uns três eventos super diferentes, fora as reuniões!

Para quem quiser ver mais dicas de peças que ele indica para usar no trabalho, eu achei essa reportagem.

Tags:
0 Com.

Oportunidade! Programa de Trainee da Grendene

A Grendene (a.k.a. Melissa e Ipanema) abriu as inscrições para seu processo de trainee!

Confira o site deles para mais informações:

Trainee Grendene

Boa sorte!

E mais um obrigado especial ao @mmeniquetti pela participação constante no blog enviando vários links!!

0 Com.

Lista de Metas

Lista de coisas para fazer, lista do supermercado, lista de resoluções para o ano novo… Nós estamos sempre montando listinhas para não correr o risco de esquecer alguma coisa ou manter o foco no que deve ser feito. E em relação a nossa carreira profissional não deveria ser diferente.

Nosso cérebro é muito “visual”, isto é, ele reconhece e armazena fatos e dados melhor se ele puder criar uma imagem. Então, sabe aquele seu desejo de conseguir aquela vaga de emprego? Ou seu sonho de ser editora de uma grande revista? Aquela meta que você tanto almeja e fica dizendo para você mesmo “eu vou conseguir, eu vou chegar lá…” escreva num papel. Visualizar constantemente aquilo que você quer vai te ajudar a manter um foco e te incentivar a ir buscá-lo.

Assim, pare um pouco e analise o que você quer: é ser uma diretora de uma grande empresa do ramo de sapatos? E, a partir daí, pense no que você precisa fazer para chegar lá: arrumar um cargo numa empresa da área, fazer uma pós… e, assim vai, até chegar na posição que você almeja. Faça uma lista com esses itens e deixe num local no qual você olhe sempre: no armário, no banheiro, na agenda, numa gaveta…

De tempos em tempos vá analisando sua lista e veja se você está conseguindo alcançar o que tinha escolhido, se o que você escreveu continua alinhado com o que você quer (afinal, nós temos o direito de mudar, né?).

Essa “atividade” é recomendada por diversos livros e profissionais, como O Segredo e O Sucesso Não Ocorre Por Acaso; então, se tantas pessoas bem sucedidas recomendam, bobagem não é, certo?!

Agora, pegue sua agenda, e escreva na sua lista de coisas para fazer: Montar a lista de metas.

Boa sorte =)

0 Com.

Portifólio Online: Carbon Made

Bom, você fez vários trabalhos durante a faculdade, se dedicou, tirou boas notas, se formou e agora procura um emprego. E aí, como mostrar esses trabalhos que você fez?

Você tem o seu portifólio, mas não é sempre que consegue uma entrevista pessoalmente para mostrar tudo; enviar os arquivos junto com o currículo pode ser muito, mas muito lento; você desenha incrivelmente mas não entende nada de sites para construir o seu… Eu tenho a solução para você! (haha sentiram o clima Polishop?)

O Carbon Made é um site no qual você cria um perfil e tem uma página pessoal à sua disposição para exibir seus projetos, num formato muito prático.

Você pode manter o seu perfil em dois formatos, free e pago:

Ops, teve um errinho na montagem, era pra ser “distribuídas”!

Depois de escolher qual você prefere, é muito fácil e rápido adicionar seus projetos.

O endereço do seu portifólio vai ser: onomedoseuperfil.carbonmade.com . Eu criei um exemplo do blog só para vocês verem como fica a apresentação dele: dripinar.carbonmade.com

Depois de arrumar sua página direitinho é só deixar um link no seu currículo ou no e-mail em que você enviá-lo!

E um obrigado especial à Luiza Paiva do Perles de la Mode que deu essa dica! Se alguém tiver mais alguma outra dica dessa, deixe um comentário!

0 Com.

Vamos ler e nos informar mais??

Recado pré-leitura: me refiro aqui às pessoas da moda porque é o público do Job-à-Porter, não quero dizer que só nós precisamos saber dessas coisas ou que nós somos burros, ok?

Voltando…

Acho que ter o hábito da leitura e ser uma pessoa bem informada são aspectos essenciais para qualquer pessoa em qualquer área. Infelizmente, a nossa geração está se tornando uma das gerações que menos lê! (Pois é, é verdade, podem conferir: Ingleses trocam literatura por Facebook e Twitter, diz pesquisa e Jovens brasileiros são os que menos lêem dentre 65 países ). Creio que esses dois fatores ajudam a nos moldar para: sermos um melhor ser humano e profissional (afinal, conhecimento é poder, certo?) e escrevermos melhor (tudo necessita de exercício, se você não exercitar sua leitura, como vai saber escrever bem?).

Quantos e quantos erros de português nós não encontramos por aí? E não quero dizer que todos temos que ser um livro de gramática e ortografia ambulantes, mas saber que “a gente” é separado e que “mais” não tem o mesmo sentido de “porém” é mais do que necessário. Aliás, é um must-know.

E, em relação a estar bem informado, a questão é que o mundo não gira em torno da moda, e existe todo um universo de assuntos e acontecimentos que todos temos que saber a respeito. Nós não conversamos só com pessoas do mundo da moda, não é mesmo?

A alguns meses atrás, eu li um tweet de uma estilista muito famosa (não consigo achar nem a pessoa e nem o tweet =// se alguém lembrar, deixa um comentário!) que dizia alguma coisa assim: “pessoal da moda, acho importantíssimo olhar para fora para moldar os nossos pensamentos em relação à moda”. E ela disse tudo!! Como ter novas ideias e pensamentos se nós olharmos sempre para o mesmo ponto? Querem exemplo mais claro do que YSL que olhou para os quadros de Mondrian ou Chanel que prestou atenção para os guarda-roupas masculino e dos marinheiros?

Vamos mudar a visão que as pessoas tem do mundinho fashion e mostrar que não somos fúteis e sabemos manter uma conversa sobre atualidades?

Acho que um bom caminho para começar é aproveitar o nosso vício no twitter! O perfil do estadão ( @estadao ) é uma ótima fonte para acompanhar os últimos acontecimentos. Toda manhã eles twittam as notícias mais importantes e mostram a capa do jornal do dia e, ao longo do dia, eles vão atualizando com o que for aparecendo de notícia, ou pesquisas e fatos interessantes. Eu recomendo muito porque, além de reunir informações dos mais variados assuntos (política, curiosidade, informática, negócios…), só o fato de você ler rapidinho a manchete das notícias, já te põe a par do que está acontecendo no Brasil e no Mundo. Falando no Estadão, no jornal de domingo tem um caderno chamado “Aliás” no qual são listadas as notícias nacionais e internacionais mais importantes da semana.

Outra maneira legal é assistir um noticiário televisivo. Em uma horinha você se atualiza com o que aconteceu no dia e também pode acompanhar as imagens (o que adianta também você saber pelo Twitter que um tal ministro saiu do cargo e nunca saber o rosto dele? Já pensou você encontra ele na padaria e não sabia que ele era o tal fulano que roubou nossos impostos e perde a oportunidade de dar um xingo nele??? hahahahaha).

Um passo que eu acho muito importante é adquirir o hábito de ler uma revista semanal (não, eu não estou falando da Contigo ou Quem), como a Veja, Isto É, Época… Essas revistas fazem reportagens mais profundas sobre as notícias mais importantes da semana, então não fica superficial como a TV ou a internet.

Outra dica: trasforme algum portal como UOL ou Terra na sua homepage; ao acessar a internet você já dá uma olhada nas últimas notícias e, se alguma coisa te interessar, você clica e lê mais a respeito.

E, em relação a questão de ler mais, escolha livros que te interessem e leia! Simples assim! Pode ser sobre moda, uma língua que você esteja aprendendo, algum auto-ajuda, um bestseller que está todo mundo comentando a respeito, um livro mais cabeça… Você escolhe! Só o fato de ler um livro, qualquer que seja o assunto, já é uma ótima prática. Reserve uma meia hora antes de dormir pra ler, ou leia no ônibus, carregue na bolsa e quando precisar esperar em algum lugar, você pode matar seu tempo lendo.

Em alguns posts eu vou recomendar livros sobre moda ou assuntos que possam nos ajudar a nos dar bem profissionalmente, ok?!

Bom, espero que vocês tenham gostado das dicas, porque eu acho que esse é um assunto realmente importante e que pode fazer muita diferença numa entrevista de emprego, no dia-a-dia ou no trabalho!

Só para finalizar, acho que esse é um bom tratamento de choque para todos nós começarmos a ler mais um pouco: Volta pra escola, blogueira de moda!

13 Com.

Moda fora do Brasil: Central Saint Martins

Depois de me formar em dezembro/2010, resolvi fazer cursos de moda fora do país. Era uma coisa que eu planejava desde o comecinho da faculdade, sempre achei que conhecer a moda por diferentes olhos seria enriquecedor profissionalmente (sem falar que viajar nunca é ruim, né!).

Já em 2010 fui procurando pela internet quais escolas eram mais recomendadas e cursos pelos quais eu me interessava. Resumindo a minha pesquisa, as escolas que eu encontrei foram: IED, FIT, Parsons, Parsons Paris, Esmod, Istituto Marangoni e Central Saint Martins.

Ou seja, muitas opções! De início eu estava bem interessada pelo FIT, porque eles tem uma grade bem flexível, e você pode ir cursando matérias diferentes sem necessariamente fazer um curso em específico por completo, mas como eu já tinha ido a NY 3 vezes e queria também ir a Paris estudar Francês, resolvi focar na Europa. Depois de muita pesquisa, optei pela Central Saint Martins, em Londres. Além de a escola ser muito renomada, quis conhecer como era a moda na Inglaterra, já que lá eles tem a cabeça super aberta e estão sempre tentando inovar ou ver as coisas de diferentes maneiras.

Renomadíssima, ela oferece cursos de graduação, pós-graduação, mestrados e etc, que são disputadíssimos, tem todo um processo para ser aceito. E são oferecidos, também, os “Short Courses”, que foram os que eu cursei. São cursos das mais variadas áreas (Moda, Artes, Teatro…) que não necessitam de pré-aprovação (ou seja, pague e faça hahaha) e são de curta duração, uma ou duas semanas em média (pra quem mora lá, eles também são dados aos finais de semana e à noite, e a carga horária é a mesma). Cada curso custa entre 300 e 450 libras e todo o pagamento pode ser feito através do próprio site.

Vale a pena? MUITO!!!

Viver em libra não é barato, mas, se você puder pagar, vale muito a pena por diversos motivos.  Nos 3 cursos que eu fiz, todo o conhecimento teórico é posto em prática, então as aulas são muito completas, além de serem dadas por profissionais atuantes na área em questão. As aulas são frequentadas por pessoas do mundo inteiro, e a troca de cultura, valores e conhecimento entre diferentes nacionalidades abre sua cabeça pra uma série de coisas que você nunca tinha reparado ou pensado, sem falar no networking (algumas pessoas dos meus cursos fizeram parcerias de trabalho). E como Londres é uma cidade muito rica culturalmente e fashonisticamente falando, você experiencia muita coisa do que aprendeu em sala de aula: são museus e mais museus, parques e mais parques, lojas e mais lojas pra servirem de inspiração e como campo de pesquisa.

Para quem se interessou:

Eu fiquei numa residência estudantil chamada The Residence . Comparando ao que eu vi em Paris e Londres, era bem boa, com banheiro dentro do quarto (sério, na Europa isso é bem difícil) e uma mini cozinha. O bairro era muito muito muito bom, com duas estações de metrô próximas, vários restaurantes e mercados e dava para andar à noite nas ruas tranquilíssima. Não lembro o preço, acho que era umas 60 libras por noite, algo assim.

Para comida acho que eu reservaria umas 20 ou 30 libras por dia (sendo mais exagerada).

Brasileiros não precisam de visto se não vão estudar mais do que 3 meses (confiram no site da embaixada londrina, porque eu não tenho certeza dos números), mas leve comprovantes de renda, comprovante de passagem de volta para o Brasil, comprovante do hotel, comprovante dos cursos para não ter nenhum problema na hora de entrar no país. Eles conferem documento por documento e também fazem várias perguntas, então, esteja preparada para nenhum imprevisto!

Durante os cursos você acaba tendo gastos com materiais e outras coisas, então sempre leve um pouco de dinheiro para esses fins.

Vou fazer posts contando como foi cada curso que eu fiz!

E para quem quer saber como é o esquema no FIT, a Thereza Chammas  do Fashionismo falou como foi a experiência dela!

0 Com.

Oportunidade! Revista Catarina

Outro estágio, desta vez para Florianópolis, Santa Catarina!
A revista Catarina (@revistacatarina ) procura um estudante de jornalismo que tenha conhecimento em moda e mídias sociais para uma vaga de estágio.
Interessou? Mande seu CV com link para sua página no Facebook e Twitter para vagas@catarinacoletivocriativo.com.br
Boa Sorte!
Tags:
0 Com.

Oportunidade! Index Assessoria

A Index Assessoria anunciou pelo twitter que procura estagiários para atender contas de moda!

Ficou interessado? Mais informações e envio de currículo: viviane@indexassessoria.com.br

Obrigado especial ao @mmeniquetti que encaminhou a notícia para o blog!

Você também sabe de alguma vaga aberta? Deixe um comentário ou mande um e-mail para jobaporter@hotmail.com

Tags: