Job-à-Porter | Um blog sobre o lado profissional da moda. | Página: 3
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
Nova fase =)
NOVA FASE =)
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
0 Com.

Compartilhando #4

Vai alguns links interessantes, aí?!

Costanza

“ELEGÂNCIA É ADEQUAÇÃO”: É uma entrevista da Costanza Pascolato do começo do ano, mas Costanza nunca é demais, né?!

Dicas SEO

QUER AUMENTAR O TRÁFEGO DO SEU SITE?!: Ale Garattoni não sabe só de moda e beleza, não! Ela também entende um pouquinho de SEO e dividiu algumas dicas fáceis e práticas!

Facebook

PORQUE VOCÊ NÃO DEVE LEVAR A SÉRIO O QUE AS PESSOAS POSTAM NO FACEBOOK: Um vídeo curtinho mas que fala muito! Pra gente lembrar de não se preocupar com aquela vida “perfeita” do colega de face.

Louis Vuitton Davos

COMO A LOUIS VUITTON ESTÁ REVIGORANDO O LUXO: Ótimo artigo sobre a nova maneira que a marca está passando sua imagem para o seu consumidor AAA.

Vida organizada

“… É PRECISO TER A CONSCIÊNCIA DE QUE, SE VOCÊ NÃO FIZER, NINGUÉM FARÁ POR VOCÊ”:  Artigo daqueles que faz a gente parar um pouco e pensar sobre a nossa vida e o nosso momento.

 

=)

0 Com.

O Atelier de Paula Cademartori

Responda rápido: de qual marca é a bolsa que tem bombado no street style, balançando nos braços de ninguém mais, ninguém menos que Anna Dell Russo e também outras editoras e blogueiras?! Givenchy, Dior, Chanel, Prada, Fendi…? Não, nenhuma dessas! A resposta certa é Paula Cademartori! E, olha que notícia boa: a moça é brasileira!

Depois de estudar Desenho Industrial em Porto Alegre, Paula seguiu para Milão para fazer o Master Course, no Instituto Marangoni, e Young Fashion Manager, na Bocconi University. Trabalhou no estilo da Versace durante dois anos, e depois resolveu abrir sua marca própria. Nesse meio tempo, ela também participou de dois concursos super importantes na Itália: o Vogue Talents (2009), onde ficou entre os 140 deisgners emergentes que merecem ser observados, e o Who Is On Next (2011), de uma parceria entre a Alta Roma e a Vogue Italia, em que chegou à final. Foi em setembro/2010 que ela lançou a primeira coleção de bolsas de sua marca homônima e tem feito um super sucesso, desde então.

PAULA CADEMARTORI

Uma grande responsável por seu sucesso foi a toda-poderosa Anna Dello Russo que, sendo sua amiga, começou a usar suas bolsas pelas semanas de moda, fazendo o nome da gaúcha pipocar em todo canto que interessa, inclusive na Vogue, nos braços de Miroslava Duma e no seriado The Carrie’s Diary!

Com um design todo especial e fora do óbvio, as bolsas são feitas com mistura de materiais de primeira, mix de cores riquíssimo e belos desenhos gráficos, além de todas terem uma fivela de paládio imponente, que já virou logo da marca. Como não desejar, né?!

E já parou para pensar como deve ser o atelier da Paula?! Já adianto: é lindo, cheio de detalhes que enchem os olhos! A blogger Consuelo Blocker (filha da Costanza Pascolato e querida igual) visitou a designer e postou todas as fotos no blog dela, o Consuelo Blog. Olha só:

SONY DSC

SONY DSC

Ela adora Anna Piaggi

SONY DSC

Para mais fotos, inclusive do showroom da marca, é só clicar aqui.

E para conhecer mais sobre a Paula, aqui tem uma entrevista feita pela Chris Pitanguy.

=)

0 Com.

Moda & Negócios na Band News

Fazendo coro com a proposta do Job-à-Porter de mostrar (e entender!) o lado business da moda, a Band News está com uma coluna semanal muito bacana com a jornalista Alê Farah. Todas as segundas-feiras, às 21h 45, Alê leva um convidado ao programa para conversar sobre o seu trabalho. Os convites e pautas são super variados, indo de blogueiras, executivos, designers e jornalistas a setor calçadista, fast-fashion, moda luxo, indústria e internet. O bate-papo é rápido, em torno de uns 10 minutos, mas Alê é leve, divertida e faz perguntas e conduz a conversa de modo  que o conteúdo seja muito rico e interessante!

Captura de Tela 2014-06-16 às 21.56.57

Para a nossa sorte, o canal disponibiliza as entrevistas todas online! Êêêê! Para acessar os vídeos é só clicar aqui! Vale a pena =)

0 Com.

As fashionistas mais poderosas do mundo

Você já ouviu falar da lista das 100 Mulheres Mais Poderosas do Mundo feita anualmente pela revista Forbes!? Imagino que sim, já que é bem famosa e referência no mundo todo! Recentemente, eles lançaram a edição de 2014, ano que marca o aniversário de 10 anos da tal lista. Os critérios utilizados para avaliação? Dinheiro + tamanho na mídia + campos de influência + impacto. Das 100, 6 são do mundo da moda e hoje vamos conhecer um pouquinho mais sobre cada uma, porque se elas estão nessa lista, nós com certeza devemos saber mais sobre elas!

Sara menor

Você pode não reconhecer o nome ou o rosto, mas, com certeza, conhece o produto criado por ela: Spanx! Siiiim, a lingerie modeladora usada por 10 entre 10 famosas, foi a responsável por colocar Sara entre as 100 mais poderosas do mundo. Considerada a mulher mais jovem a se tornar, por trabalho próprio,  bilionária (sim, com b!!!!!!), Sara, hoje com 43 (alguém me passa o número do dermatologista dela?!), criou o Spanx aos 27 anos, depois de ter investido suas economias de 5 mil dólares para criar uma lingerie que ela pudesse usar por baixo de uma calça branca. Desde então, ela transformou sua marca de apenas um produto em uma empresa com extensa linha de produtos, que hoje ganha 250 milhões de dólares anuais (!!!), e se prepara para lançar uma linha de jeans com a tecnologia Spanx. E você ainda duvida que uma boa lingerie pode te ajudar a vencer na vida!

89 Gisele

Ahhhh, Gisele… Além de linda, loira, alta, milionária, com família de comercial de margarina, a bonita ainda aparece nessa lista! Há 7 anos, é eleita a modelo mais bem paga do mundo e, aos 33 anos, apesar de diminuir a quantidade de projetos dos quais estrela, eles continuam sendo muito importantes e lucrativos: H&M, Chanel e Pantene. Além disso, ela tem sua marca de cosméticos eco-friendly Sejaa, ações na Grendene e sua linha de lingeries com a Hope, a Gisele Bundchen Intimates, que ganha loja própria esse ano. Pra fechar com chave de ouro, Gisele, que é super preocupada com o meio-ambiente, é embaixadora da Boa Vontade do Programa Ambiental da ONU, desde 2009, e agora faz parte do conselho do Rainforest Alliance. #nãotáfácilprasinimigas

79 Tory Burch

Não foi só a Cinderella que mudou sua vida por causa de um par de sapatos; Tory Burch também! Apesar das muitas linhas de produtos, as famosas sapatilhas Reva, de US$ 200,00, são o carro-chefe de seu império (gigantesco!). E ele continua a crescer,  ano passado com perfumes e loja na Rodeo Drive e, esse ano, com relógios! Recentemente, Tory lançou o Elizabeth Street Capital, uma joint venture entre a Tory Burch Foundation e o Bank of America, que ajuda mulheres empreendedoras com baixo capital a melhorarem seus negócios. O passado da moça não é nada ruim: entrou para a lista de Bilionários da Forbes em 2013 e suas ações só mostram mais e mais valorização.

75 Miuccia Prada

O que dizer de Miuccia? Sem se ocupar de 1 milhão de papéis, a italiana lidera a marca criada pelo seu avô em 1913, Prada, com louvor tanto no mundo da moda quanto no mundo dos negócios. Sua pequena fortuna? Só US$10.4 bilhões (emoji de carinha de queixo caído)! Miuccia é tão visionária que, antes da Lupita Nyong’o ganhar o Oscar esse ano, ela fechou contrato com a queniana para a Miu Miu!

68 DVF

A próxima da lista é a toda chique e poderosa Diane Von Furstenberg, dona da DVF. Ela podia ter se contentado em ter sido casada com um príncipe, mas, não!, Dianinha quis mais. Lançou sua linha de roupas nos 1970 e criou o icônico Wrap Dress, que fez 40 anos esse ano, e a colocou no mapa da moda. Apesar de algumas baixas durante o caminho, hoje em dia a marca se encontra muito bem, obrigada, e é vendida em 55 países ao redor do mundo. Ela e seu marido Barry Diller, bilionário, filantropista e media mogul, cuidam da Diller-Von Furstenberg Family Foundation, que ajuda organizações das quais eles são próximos. É muita chiqueza!

39 Wintour

Há! Quem seria a mais poderosa fashionista do mundo se não ela, a toda-poderosa, Editora-Chefe da Vogue America, Diretora Editorial da Teen Vogue e Editora Artística da Condé Nast, Anna Wintour! Pelos tantos milhões de dólares que já arrecadou para a área de moda do Met, e também por todo seu apoio, o museu renomeou a área para “The Anna Wintour Costume Center”. Além disso, a “diaba” conseguiu aumentar a publicidade da mídia impressa e digital da Condé Nast em 3,3% e 28%, respectivamente; um grande feito, já que a gente sabe que o mercado editorial anda passando por maus bocados. E ela ainda participa da vida política americana, tendo ajudado a arrecadar fundos para a campanha de Obama. É muito poder!

Acho que deu pra dar uma boa inspirada, não!?

Caso você queira ver quem são todas as moçoilas poderosas deste mundão, é só clicar aqui

0 Com.

Oportunidade: estágio no JuliaFaria.com.br

A fashionista Julia Faria está em busca de dois estagiários para trabalhar em seu blog homônimo. Um irá ajudá-la em tudo no blog (conteúdo, burocracia, pesquisa…) e o outro vai mexer na parte tecnológica (fazer montagens, mexer no wordpress e etc.). Interessou!? Tem mais informações e o passo-a-passo para se candidatar às vagas aqui.

Boa sorte =)

 

0 Com.

Dicas do Joe Zee

Tenho que confessar: um dos meus passatempos favoritos é assistir reality shows. Se for sobre moda então, melhor ainda! Zoações de namorado à parte, esse guilty pleasure acaba sendo muito útil – quando o programa é sobre moda! -, porque sempre rolam umas dicas muito boas. Um dos meus preferidos é o All On The Line, apresentado pelo Joe Zee, um fashionista multitarefas fofíssimo: é diretor criativo da Elle americana, stylist, apresenta mais outro programa, faz participações em outros e por aí vai!joe zee

Esse programa dele é um dos meus preferidos! A cada episódio, JZ ajuda um estilista que está quase falindo a reestruturar sua marca, dando dicas, descobrindo os principais problemas e valorizando o que ele tem de diferencial. Cada um tem que montar uma mini coleção que é apresentada para o comprador de uma grande loja de departamentos, como Barneys e Neiman Marcus, que irão avaliar se irão comprá-la ou não. Em alguns episódios a coleção é comprada e a marca consegue se reerguer, em outros nem esse pedido é suficiente e eles fecham ou às vezes ela nem é comprada e o estilista realmente acaba falindo.

Os participantes tem todo tipo de história: alguns fizeram muito sucesso no passado mas não conseguiram se manter, outros são extremamente criativos e não conseguem achar uma linha comercial que o mercado aceite, tem ex-participante do Project Runway… Mas no meio de tantos casos e perfis diferentes, algumas lições do JZ são básicas para todos. Como um manualzinho que todo estilista deveria seguir, sabe?! Outro dia eu estava assistindo e resolvi anotar algumas delas!o que todo estilistaAcho que a essência de tudo é que os estilistas não podem esquecer que o papel deles não é simplesmente criar e ponto final. Eles também representam e são donos de uma marca, uma empresa, e isso exige um cuidado e organização. Precisam ter alguém que cuide e planeje do seu negócio (aliás, devem sempre ter em mente que isso é um negócio!), mas devem fazer sua parte e saber se vender quando necessário – numa reunião com compradores, por exemplo.

Para quem quiser assistir, o All On The Line passa no Glitz (canal 94 da Net), segundas às 18h 50 e 19h 40.

Beijos!

0 Com.

The Skype Collaboration Project

Não sei se vocês já perceberam, mas eu aaaamo coisas que inspiram e motivam, tanto na vida profissional quanto na pessoal. Seja livro, filme, vídeo, site… se é para inspirar, eu já to clicando/lendo/assistindo! Se for relacionado a moda então, melhor ainda =) 

Eis que, para minha felicidade, hoje eu descobri um projeto super legal do Skype que é voltado exatamente para isso: inspirar interessados em moda!  O “The Skype Collaboration Project” foi pensado para ser um espaço em que pessoas bem-sucedidas e que fazem diferença no mundo criativo possam compartilhar suas histórias para jovens que ainda estão no começo de suas carreiras. O site engloba aspectos bem gerais da indústria: fotografia, styling, blogging, joalheria e por aí vai…   ImagemO site tem textos e vídeos, mas são todos em inglês. Mesmo que o seu não seja fluente, vale a pena dar uma fuçada! E a gente teve até uma representante brasileira em um dos vídeos: a Helena Bordon foi convidada para participar de um video chat com outras profissionais dos EUA e Inglaterra. Para assistir, é só clicar aqui.

Nesse mês, eles vão lançar um vídeo sobre a carreira da Victoria Beckham, com direito a filmagem do dia-a-dia dela em sua marca. Vale a pena ficar de olho! Quando sair, eu compartilho no face do blog. (Já curtiu nossa página?!)

Bom para começar 2014 inspirados, né?!

 

2 Com.

Cursos para 2014

Ano novo chegando aí… É uma época que a gente faz vários planejamentos, cria metas e alimenta nossos sonhos para que nossa vida fique ainda melhor =) E que tal incluir nesses novos planos algum curso para complementar seu currículo? Seja em que fase da sua carreira você estiver, conhecimento nunca é demais! Selecionei várias instituições que dão cursos livres para facilitar a sua pesquisa e escolha! Em algumas eu já estudei, outras não, mas no geral são bem faladas por aí e com profissionais top como professores!

*Acho legal olhar em outras áreas, não só de moda, porque às vezes tem uns temas que podem ser super interessantes e agregadores pra gente, também!

HEAD OF THE CLASSA.P.C. blazer, $420. DKNY Jeans jacket, $69. 7 For All Mankind jeans, $178.Escola São Paulo (SP): O site já está com o calendário disponível para o ano que vem. É um lugar mais modernete na Augusta e é ótimo para fazer contatos. Já fiz uns três cursos lá e foram todos bem legais!

FASM (SP): Algumas pessoas não sabem, mas, além de graduação, eles também oferecem cursos de extensão. Foi lá que eu estudei História, Moda e Cinema com o João Braga <3 tudo é organizadíssimo e com uma boa estrutura!

Casa do Saber (SP e RJ): Eu nunca fiz nenhum curso, mas tenho alguns amigos que fizeram e todos elogiam super! E tem uns cursos bem diferentões, é interessante!

IED (SP): Eu fiz um curso de Jornalismo de Moda lá com a Silvana Holzmeister, ex-editora da Vogue e atual Diretora de Redação da Cat Mag (pra onde eu escrevo às vezes <3), e foi bem interessante! A escola em si não é o exemplo de organização (#sinceridades), mas tem uma gama de opções bem variada!

ESPM (SP, RJ e RS): Não é uma instituição muito ligada à moda, mas para quem é do Marketing, ou quer se aprofundar a respeito, é referência! Eu fiz um curso de CRM ano passado e adorei!

Oficina de Estilo (SP): Fofas, muito fofas!!!! Eu fiz dois cursos com elas (Organização de Malas e Personal Shopping) e recomendo de olhos fechados! Para quem quer seguir carreira de personal stylist ou consultor de imagem, é um lugar para ir sem erro! Aliás, minha sócia se especializou com elas!

MADRE (SP): Eu fiquei sabendo dessa escola recentemente por meio de um post no Insta da Lia. Não ouvi falar muito sobre eles, mas dei uma fuçada no site e parece bem interessante.

Senac (Por todo o Brasil-sil): Eu nunca fiz nenhum curso lá, mas conheço várias pessoas que fizeram e sempre elogiam muito! Sem falar que é muito prático por ter em diversas cidades por todo o Brasil, né?

FAAP (SP e outras cidades): Eu fiz um curso lá com o João Braga (haha de novo ele!) e foi muuuuito legal. Por ser uma instituição mais “requintada”, os cursos são um pouco mais caros, mas a estrutura é top e tem muuuuitas opção legais. O calendário de 2014 já está disponível e tem temas como “Vocabulário de Moda em Inglês” e “As Divas do Cinema”.

Oficina de Escrita Criativa (SP): Esse aqui também não tem a ver com moda, mas como eu sei que muitos se interessam por escrita, seja por causa do jornalismo ou de blog, achei que vale a pena incluir! Foi a Jana Rosa quem falou dele e achei a ideia da escolha super bacana!

Se alguém tiver mais alguma dica, compartilha nos comentários!!

Beijos, Dri.

0 Com.

Compartilhando #3

Ops, essa tag ficou sumidinha, mas já estamos de volta =) Vamos aos links da semana!?
Phone

DESGRUDE UM POUCO DO CELULAR!: esse artigo do NY Times fala sobre um movimento que está acontecendo em NY em que as pessoas estã0 fazendo jogos e criando regras para ficarem longe de seus celulares em jantares ou em casa. Tem até o que o Marc Jacobs faz a respeito, bem legal!

hoy voy

 UMA COISA BOA POR DIA DURANTE 21 DIAS: Um publicitário criou um projeto de 21 dias em que todo dia ele tem uma “missão” a cumprir. Quem vai fazer também?! (Eu me voluntario a ser a pessoa do 6o.! haha)

Morte

 “PARA SER FELIZ, PENSE NA MORTE”: Uma entrevista com uma médica especializada em cuidados paliativos, ou seja, pacientes terminais. Muita lições de vida para pensarmos a respeito.

burros

CUIDADO COM OS BURROS MOTIVADOS: Entrevista óóótima com o Roberto Shinyashiki, autor do livro desse post, sobre a sociedade que hoje em dia se preocupa mais em aparecer, do que realmente ser.

Beijos,

Dri

Tags:
0 Com.

Entrevista: Beth Saito (produtora de moda)

Oba, hoje é dia de entrevista =)

A Beth Saito trabalhou como produtora de moda e, super querida, topou contar para nós sobre a sua experiência de 30 anos produzindo desfiles e eventos!

Antes de ser produtora, ela foi modelo e, como oriental, teve uma certa resistência em conseguir trabalhos, mas com esforço e dedicação, conseguiu se firmar  no mercado de moda e publicidade (olha a determinação fazendo a diferença!!). Passando para o outro lado da passarela, ela produziu desfiles para shoppings, confecções e lojas, além de trabalhar para a Francal e a Feira de Material Esportivos. Também ajudou na implantação da área de moda do Senac, “apresentando desfiles e tendências para São Paulo e interior, levando toda a produção junto, muito diferente das palestras de hoje, pois o início foi com alguns profissionais do Senai-Senac fazendo as coleções e apresentando de forma itinerante.”, ela contou

Na época de modelo!

Na época de modelo!

Há (poucos) anos atrás, não era tão fácil conseguir e pesquisar informações de moda, então ela se devorava revistas importadas e vídeos, e sempre trocava informações com pessoas de todas as áreas. “Várias marcas da época tinham o hábito de viajar para Paris e Milão duas vezes por ano, colher informações e fotografar e assim criar ou adaptar suas coleções.” Olha como era diferente!

Aqui ela conta um pouco mais para nós sobre a sua carreira e dicas para você se dar bem na área:

(mais…)