Job-à-Porter | Um blog sobre o lado profissional da moda. | Página: 4
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO – CHEIO DE PERSONALIDADE – DA JENNA LYONS
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
O ESCRITÓRIO DE EVA CHEN
Nova fase =)
NOVA FASE =)
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
DICAS DE OURO AO SE VESTIR PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO – DE MODA!
1 Com.

Siga seus instintos

VelasHoje eu estava dando uma olhada no site da Heleninha Bordon e vi um post que tinha velas luxuosas como indicação de presente de natal, algumas custando 45 libras, outras 60 euros… Depois do sucesso de marcas que só vendem velas, como a incensada francesa Diptyque, as grifes incluíram esse item tão comum em suas cartelas de produtos e cobram preços altíssimos.

E porque eu estou falando sobre essas velas grifadas? Porque em uma parte daquele vídeo da palestra da Natalie Massanet, fundadora do Net-à-Porter, sobre o qual eu fiz esse post, ela contou que, há mais de 10 anos atrás, antes de criar o Net-à-Porter, uma de suas ideias foi criar uma marca de velas luxuosas. Só que ela descartou a ideia porque todo mundo disse que aquilo era absurdo e que ninguém pagaria mais de 5 dólares por uma vela. Bom, a introduçao acima mostra que quem estava errado eram os outros, e não ela!

A outra ideia que ela descartou por descrença das outras pessoas? Uma rede de coffee shops elegantes (naquela época o Starbucks ainda não era famoso, ok!?).

Moral do dia: Siga os seus instintos e seja fiel às suas ideias! Nem sempre os outros conseguem ter visão que você tem. Logicamente que o timing e muita pesquisa são importantíssimos, mas escute seu coração =)

1 Com.

Cobrindo backstage na SPFW

Eu estou meio atrasadinha (sorry, a Maistrê toma muito o meu tempo!), mas hoje o post é sobre a SPFW! Eu tive a super oportunidade de cobrir os backstages dos desfiles pela Cat Mag, da ótima editora Silvana Holzmeister. Trabalhar na semana de moda!? Luxo, poder, riquez… ops, #sóquenão. É uma delícia poder participar do evento e ter a chance de entrevistar estilistas e conhecer as coleções de pertinho, mas o trabalho é duro e cansativo! Sabe aquelas fotos glamourosas das pessoas nos lounges, todas montadas no saltão, relaxando e curtindo um bom bate-papo? Pois é, – com raríssimas exceções – elas com certeza não estavam trabalhando.

SPFW entrada

Eu vim contar como foi trabalhar lá: o que você faz, com quem fez, como faz, quem você encontra, o que não pode fazer, o que tem que fazer… Tem curiosidade pra saber como é?! O post de hoje é pra você!

Existem dois tipos de jornalistas: quem vai cobrir beleza e quem vai cobrir arara. Então é assim: você vai na porta do backstage, se apresenta pra assessora de imprensa que está lá e fala qual dos dois você vai fazer – beleza ou arara. Dependendo de como estiver lá dentro, ela vai te liberar ou não. Se está muito cheio, se tem celebridade (que normalmente está com uma penca de gente junto) ou se está atrasado, você tem que esperar um pouquinho (ou poucão). E se chegar alguma equipe de TV, pode adicionar bons minutos à sua espera, porque eles sempre tem prioridade. Aliás, nessa hora é bom virar a melhor amiga da assessora: você vai depender muito dela durante a semana!

IMG_3558

Quem faz beleza procura o maquiador que assinou o desfile e pergunta para para ele sobre a inspiração do make e cabelo, a aplicação dos produtos, quais produtos foram usados… Alguns jornalistas gravam passo-a-passo ou fazem alguma pauta especial, então muitas vezes eles precisam deixar isso combinado antes.  Às vezes, a beleza fica muito atrasada porque modelos podem se atrasar vindo de outro desfile ou podem chegar com uma make ou cabelo beeeeem diferente ou complicada de tirar, então vira um alvoroço e ninguém consegue entrar, daí o que eles fazem é levar uma modelo pronta para fora com um representante pra explicar tudo e responder perguntas. E detalhe: os maquiadores são os mais nervosinhos do backstage! Vira e mexe você vê algum surtando…

IMG_3466

Quem faz arara, que foi o meu caso, tem um pouquinho mais de trabalho, porque, se der alguma zica, não podem simplesmente mandar alguém pra fora responder. Você tem que entrar, olhar as roupas, os detalhes, ler o release, conversar com o estilista… Quem faz backstage busca por detalhes que quem assiste o desfile não consegue ver e vai atrás de “aspas”, termo usado para conseguir um comentário do próprio estilista para enriquecer a matéria. Em alguns desfiles eu não consegui entrar, por diversos motivos: esperei duas horas em pé para entrar na Gloria Coelho mas não consegui porque a assessoria se atrasou, no da Osklen eu fiquei mais de uma hora e meia na chuva porque teve atraso de modelo e, outros, como Vitorino Campos, só entrava quem estava numa curtíssima e exclusivíssima lista. Mas, mesmo com os perrenguinhos, é super especial poder ver de pertinho as roupas e ainda conversar com os criadores das próprias. Alguns são tão envolvidos e apaixonados com a sua coleção que você poderia ficar hoooooras escutando… Ronaldo Fraga é um deles! Fica todo mundo quietinho pra ouvir a explicação de cada detalhes e os porquês de suas escolhas. Mas tem que fica ligeiro: perguntar coisas óbvias, como informações já presente no release vai deixar o estilista meio de má vontade com você! E é sempre bom saber sobre a história da marca para não dar nenhum fora.

IMG_3597

Depois de sair dos backstages, você tem que ir para a sala de imprensa escrever sua matéria. A sala de imprensa é uma sala enooooooorme com muitos computadores disponíveis para os jornalistas. E lá o pessoal dá uma relaxada entre um desfile e outro, então é bem legal ver Lula Rodrigues, a equipe da Bazaar com Maria Prata e Sylvain Justun rindo, Arlindo Grund organizando seu time… E, além disso, rola MUITA comida! A Benjamim Abrãao é responsável pelo buffet, então de tempos em tempos tem sanduíches, croissants, salgados, bolos e doces rolando por lá. Mas, quando não dá tempo de comer na sala de imprensa, é só fazer uma boquinha nos backstages! Todos tem uma mesa com comidinhas à vonts: de cachorro quente ( <3 ) a saladinhas saudáveis e frutas.

IMG_3532

 E também não tem como não prestar atenção na sua roupa: o ideal é usar peças e sapatos confortáveis, por que você vai andar e ficar muito em pé, durante horas! E, a não ser que você trabalhe num veículo que tem um lounge no evento, você não tem onde deixar suas coisas. Então leve somente o necessário! Mas também não dá pra se vestir de qualquer jeito porque é a Fashion Week e ninguém que estar sem graça, né? Além disso, preste atenção nos detalhes: vira e mexe alguém te para para tirar foto de unha ou maquiagem! Esmalte descascado ou batom manchado ninguém merece numa hora dessa!

E aí, mataram a curiosidade!?

0 Com.

Os brasileiros do BoF 500

O Business of Fashion, ou BoF, um site focado em notícias de business de moda do mundo inteiro, divulgou na sexta-feira passada uma lista com as 500 pessoas que mais influenciam o mercado mundial. No BoF 500, nome dado ao projeto, tem gente de tudo que é país, dos EUA ao Qatar, e o nosso Brasilzão não ficou de fora! Depois de uma longa pesquisa, foram escolhidos 15 profissionais para participar da lista – ficamos em 7o. lugar entre os países com mais nomes!

Hoje a gente vai conhecer quem são esses brasileiros tão significativos na moda e saber um pouco mais sobre o que cada um fez para merecer o mérito:

Herch

Alexandre Herchcovitch, estilista: É referência na moda brasileira desde sua coleção de formatura da Faculdade de Moda, no comecinho dos anos 90. Hoje desfilando na SPFW e na NYFW e com lojas fora do Brasil, Alexandre é muito bem sucedido em manter sua marca de roupa que tem um apelo mais ousado e fechar parcerias e licenças com grandes redes, como Tok & Stok e Zêlo, atingindo o grande público. Também possui a Herchcovitch; Alexandre, marca de jeanswear que desfila no Fashion Rio.

Alice

Alice Ferraz, fundadora do escritório de RP Ferraz Moda e do F*Hits: Seu escritório é um dos mais importantes do setor do luxo, prestando serviços para grifes de prestígio desde 1996. A plataforma F*Hits, que reune 25 bloggers escolhidos a dedo por ela, totaliza 5 milhões de visitantes únicos por mês.

Carlos

Carlos Jereissati, presidente e chefe executivo do Grupo Iguatemi: Responsável pelo grupo que comanda 13  dos maiores shoppings do Brasil, entre eles JK Iguatemi, Iguatemi São Paulo (o shopping que mais lucra por m2) e Galleria Shopping (RJ), foi importante para o país por trazer grandes nomes do luxo como Tiffanys e, mais recentemente, Lanvin.

Costanza

Costanza Pascolato, colaboradora da Vogue Brasil (e responsável pela tecelagem Santaconstancia): Do alto de seus 74 anos, Costanza já teve (e tem!) muitos papéis importantes na moda brasileira. Hoje é colunista da Vogue, tem livros publicados, é consultora para algumas marcas, como H. Stern, cuida dos negócios da Santaconstancia e mantém um blog na plataforma Shop2gether. (Musa!)

Daniela

Daniela Falcão, editora-chefe da Vogue Brasil: Daniela foi chamada para comandar o time da Vogue afim de levar um olhar mais feminino para a revista. Apoia o Brasil e a moda como pode, fazendo ensaios em Foz do Iguaçu e destacando estilistas nacionais, e colaborou para a criação da Globo Condé Nast, joint venture das Organizações Globo e a gigante Condé Nast.

erika

Erika Palomino, editora-chefe da L’Officiel Brasil: Tida como autoridade no jornalismo de moda, Erika acumula mais de duas décadas escrevendo sobre o tema. Hoje é a editora-chefe da revista L’Officiel Brasil e consultora da marca Melissa.

gloria

Gloria Kallil, fundadora do Chic: Consultora de moda, tem um dos nomes mais conhecidos quando se fala de estilo e etiqueta. Ficou na notória (e falecida) Fiorucci por mais de 17 anos, tem 4 livros e é dona do site Chic, onde posta vídeos e textos sobre estilo e etiqueta.

Helena

Helena Bordon, fundadora do helenabordon.com: Filha da ex-Daslu Donata Meirelles, a socialite é co-fundadora da marca jovem 284. Estagiou na Valentino em NY e hoje tem um site no qual posta dicas de estilo, beleza e viagem e tem parcerias com a Martha Medeiros, LOOL e Shop2gether.

José

José Auriemo Neto, presidente do shopping Cidade Jardim: O executivo é CEO e chairman da JHSF, empresa brasileira do setor imobiliário que cuida de propriedades residenciais e comerciais. Além de supervisionar hotéis e outros empreendimentos do grupo, ele é responsável pelos shoppings da empresa, entre eles o Cidade Jardim. Ele foi o responsável por fechar os contratos de exclusividade do shopping com marcas de alto luxo, como Jimmy Choo, Hermès e, mais recentemente, Valentino.

Monica.JPG

Monica Mendes, fundadora do escritório de RP Monica Mendes Communications: Com seu escritório na ativa há mais de 20 anos, Monica é uma peça-chave no mundo do luxo no Brasil. Participou da abertura da primeira marca de luxo no brasil (não achei qual foi =/), tem importantes conexões fora do Brasil e possui em sua cartela de clientes grifes como Hermès e Dolce Gabbana.

Natalie

Natalie Klein, fundadora da NK Store (e da Talie NK): Herdeira da Casas Bahia, Natalie abriu sua multimarcas em 1997, tendo exclusividade de marcas como Chloé, e desde então é referência nesse mercado. Criou sua própria marca, a Talie NK, abriu uma filial da NK Store no RJ, lançou seu e-commerce e, esse ano, fechou parceria com a Farfetch para que sua marca tenha um alcance mundial.

Oskar

Oskar Metsavaht, estilista da Osklen: Oskar é o criador da Osklen, marca que produzia roupa esportiva e depois migrou para o ramo de luxo e é muito bem conceituada no mercado internacional, com lojas em diversas cidades do globo e desfiles na SPFW e NYFW. Ele também fundou o Instituto-e, uma ONG focada em desenvolvimento sustentável, fazendo parcerias com empresas e institutos e criando tecidos de materiais que seriam descartados, como o couro de salmão. O estilista acumula uma coleção de prêmios e nomeações devido a esse trabalho e já foi inclusive nomeado Embaixador da Boa Vontade pela UNESCO e convidado a integrar o board do Greenpeace.

Patricia

Patrícia Viera, estilista de sua grife homônima: Seu sucesso vem do trabalho excepcional com couro, criando e reeditando-o em diversas formas, texturas e cores. Suas peças podem ser encontradas em multimarcas renomadas pelo mundo, como a Browns em Londres e Collette em Paris.

Paulo

Paulo Borges, fundador e diretor artístico do SPFW: CEO de Marketing e Produção de Eventos da Luminosidade, empresa pela qual cuida dos dois eventos criados por ele e que estão entre os mais importantes do mundo: SPFW e Fashion Rio. Também é conhecido por ajudar a alavancar nomes nacionais para o cenário mundial, como Lucas Nascimento e Alexandre Herchcovitch.

Pedro

Pedro Lourenço, estilista de sua grife homônima: FIlho de Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, Pedro lançou sua primeira coleção aos 12 anos, por meio da Carlota Joaquinha, grife de sua mãe. Desfila sua marca própria em Paris desde 2010, sempre muito aclamado pela crítica especializada, como Carine Roitfeld. 

0 Com.

Compartilhando #2

Oi, pessoal! Como passaram essa semana!? Vamos ver mais links bacanas essa semana?

Disney

SUCESSO COM MUITO SUOR: 8 histórias de personalidades famosas que conhecemos no auge do sucesso, mas que passaram por bons perrengues antes de chegar lá!

Editoras

ELAS MANDAM E DESMANDAM NA MODA: No site da Chris Pitanguy tem um resumo sobre algumas das editoras de revistas mais poderosas da Condé Nast. Advinha se a Anninha Wintour não ía estar na lista?!

Paperback

POST-IT HIGH TECH: Quem aqui não ama um post-it? Eu adoro, minha mesa do escritório tem vários!! E que tal um feito especialmente para a parte de trás do seu Iphone?!?!?!

Tempo

ORGANIZANDO A SEMANA: Adorei essa “técnica” da coach Juliana Garcia para organizar a agenda da semana. Achei super viável e fácil de colocar em prática!

Você ocupadaPARA DAR CONTA DE TUDO: Você se perde no meio das tantas atividades que tem pra fazer e acaba fazendo menos do que queria?! Aqui tem algumas dicas interessantes para evitar que você se descabele e consiga se organizar melhor!

0 Com.

Just do it!

Qual o seu sonho? Daqui a 10 anos, onde você quer estar? E o que você está fazendo para isso?

Eu tinha uma mania de querer fazer tudo perfeito ou da maneira “correta”, se não eu não fazia. Sou muito exigente e “certinha”, então se não fosse ficar exatamente como eu pensava ou se eu tinha dúvida em como fazer, deixava de lado. E eu sei que tem muita gente assim!

Desde que eu comecei minha empresa (já conhece a Maistrê Consultoria de Imagem?), andei refletindo bastante sobre mim mesma e me informando/lendo sobre como as coisas funcionam, como as pessoas chegam lá, como alcançaram o sucesso. E o que eu percebi é que não importa como ou o quê, o importante é fazer, e não ficar esperando o momento que você imagina ser o ideal. É clichê, mas o momento ideal é o “agora”.

Você quer ser Diretora de Redação de uma revista? Presidente de uma marca de luxo? Uma estilista reconhecida internacionalmente? Você só vai chegar lá, um dia, quando você começar a fazer alguma coisa hoje. Simplesmente entre em ação. Faça alguma coisa, qualquer coisa.

E podemos dizer que a nossa geração é bem sortuda nesse aspecto. Afinal, a internet está inteira a nossa disposição. Já viu quantas coisas você pode fazer de graça e que irão te ajudar a dar um passo a mais na direção dos seus sonhos? Você quer escrever, tirar fotos? Comece um blog. Faz roupas? Você pode entrar numa loja virtual coletiva. Quer saber mais sobre um assunto? Google it! As opções são inúmeras!

Hoje eu vejo quantas oportunidades eu perdi por deixar de fazer as coisas achando que não era o ideal ainda, que eu precisava de X, Y, Z. Aprendi a mudar os meus pensamentos e agora eu vou fazendo! Pode estar certo, estar errado, não estar exatamente como eu queria, mas o que importa é que eu estou fazendo. Com o tempo eu vou aperfeiçoando, aprendendo e melhorando, mas eu nunca “evoluiria” se eu não tivesse começado de algum jeito. 

A mensagem que fica hoje é: Não tenha medo, JUST DO IT!

Feito

Tags:
0 Com.

Look do trabalho: Monica Salgado

Uma das perguntas que mais permeia a vida das mulheres (e de muitos homens também!) com certeza é: “Com que roupa eu vou?!?!?!”. E quando essa mulher trabalha ou quer trabalhar com moda? Ixi, piorou! Eu sei que muita gente tem dúvida – e insegurança, né? – sobre qual roupa usar para trabalhar nesse segmento. A chave é você ter um estilo próprio, reconhecível, que serve como mais uma ferramenta para mostrar os seus pensamentos em relação à moda e se sobressair da multidão. Nada de modinhas dos pés à cabeça ou ser uma fashion victim! O importante é traduzir e filtrar o que você todos os dias para o seu gosto e universo pessoal.

Mas mesmo assim bate uma dúvida, né? Por isso, na tag “Looks”, vou trazer looks que profissionais da área usam, porque essa pode ser uma boa maneira de você se inspirar e ir descobrindo o seu jeito ideal para trabalhar no mundinho fashion.

Hoje vamos trazer uma jornalista muito fofa e super glamuorosa! A Mônica Salgado já passou pela Vogue e atualmente é a Diretora de Redação da revista Glamour, título que está há pouco mais de um ano no Brasil e já tem o Louboutin de salto agulha muito bem fincado no mercado editorial feminino!

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.16.22A Glamour é uma revista bem próxima da leitora, super atuante nas redes sociais e a Monica segue a mesma linha, sendo super presente no Instagram. E, para a noooooossa alegria, ultimamente ela tem compartilhado os seus looks do dia no seu perfil do instagram (@monicagsalgado).

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.17.22

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.17.49Ela segue uma linha bem clássica e romântica, com algumas pitadas de cor e estampa que atualizam o look sem perder a sua essência. Seja um animal print, alguma cor mais forte, ou até um look monocromático trabalhado em texturas, nunca falta algum detalhe para trazer mais interessância ao look.

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.18.10

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.18.39O cabelo e a maquiagem estão sempre impecáveis: cabelo bem escovado, delineador gatinho discreto e batom nude.

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.19.05

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.19.41

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.20.19

Captura de Tela 2013-09-16 às 22.20.40Gostaram?!

Fotos: instagram @monicagsalgado

0 Com.

Compartilhando #1

Vira e mexe eu vejo vários links legais que podem render uma boa leitura (ou assistida, quem sabe!) para quem se interessa pelos assuntos do blog. Então, estou começando essa tag para compartilhá-los.

Aqui vão os dessa semana:

Link petisco

“SEM ALIENAÇÃO: Post ótimo da Mariana Imbar no Petiscos sobre a relação TER x SER

Estagio dvf

ESTÁGIO ESTRELADO: Quer saber como é estagiar na DVF, em NY? A Mandy do Starving contou tudo para o Garotas Estúpidas!

Caderno de Organização

CADERNO DE ORGANIZAÇÃO: Para quem gosta (ou está precisando) de organização, a Fran do Morando Sozinha fez um vídeo falando sobre o seu caderno de organização que faz bastante sucesso entre as leitoras. Quem vai tentar?!

Alain de Botton

PARA VIVER MELHOR: A Revista Época fez um resumão das lições de vida que fazem parte do School of Life, coleção de livros (e também escola) comandada pelo filósofo pop Alain de Botton. Estou doida para ler “Como encontrar o trabalho da sua vida”!

Se você tiver alguma sugestão de link que valha a pena compartilhar, manda para mim!

Bom final de semana =)

 

Tags:
1 Com.

Para ser feliz no Home Office

Acho que quase todo mundo sonha em trabalhar em casa – o tão comentado home office. E aí que no começo desse ano eu realizei o meu!

Para quem não sabe, eu sai do meu emprego na área comercial de uma marca em São Paulo e voltei para a casa dos meus pais em São José dos Campos (onde morei durante minha adolescência) para trabalhar como consultora de imagem (já viram minha empresa Maistrê?!). E, desde então, estou me aventurando no home office! Mas como todo paraíso tem mosquito, esse modelo de trabalho não é tão lindo e fácil quanto todo mundo acha! Aqui vão as minhas dicas para quem quer adotar esse esquema:

Pijama não é roupa de trabalho! – Nem pense em passar o dia inteiro com qualquer roupa. Apesar de estar em casa, você está trabalhando, então o ideal é vestir-se para tal. Ao se arrumar como se fosse sair para trabalhar, sua postura já muda e você fica mais focado, tirando o clima de “casa e preguiça”. Sem falar que, já pensou se aparece uma reunião ou visita de última hora?! É melhor já estar preparado para o que der e vier!

Oi, escrivaninha! – não, cama não é local de trabalho. Conheço pouquíssimas pessoas que conseguem trabalhar deitadas em sua cama e render bastante. Tenha um espaço específico para isso para focar no trabalho e também para deixar as coisas referentes a ele organizadas e num lugar específico. Se você não pode ter um cômodo só para isso, tenha, pelo menos, um espaço (armário, prateleira, estante, gaveteiro) reservado só para o material de trabalho. Aliás, deixe suas coisas pessoais separadas das de trabalho!

Home office fundo branco

Deixe bem claro que você está trabalhando! – As pessoas – tanto da sua casa quanto seus amigos – tendem a achar que agora que você está em casa tá na vida boa e pode fazer o que quiser, a hora que quiser. Mas não é assim, né? Explique para todos e corte qualquer tentativa de “dá uma passadinha no mercado pra mim?”, “Resolve aquilo lá no banco?” ou “Pesquisa isso para mim já que agora você está mais sossegado?”. Aprenda a dizer não para essas propostas que só vão te atrapalhar!

D-i-s-c-i-l-p-l-i-n-a – Com certeza está sendo a parte mais difícil pra mim, principalmente porque eu não tenho um chefe ou horários e metas a cumprir definidos por outra pessoa. Defina – e cumpra! – quais serão as suas horas de trabalho e tudo o que você quer fazer durante o seu dia e a sua semana. Não relaxe nisso para não diminuir o seu rendimento!

Não se isole – Distraído pelo trabalho, de repente você vai perceber que passou o dia sem falar com pessoas fora da sua casa e que está meio isolado do mundo – e das pessoas do seu meio. Então, é legal marcar encontros e reuniões com colegas de profissão, circular por eventos da área… Você não quer ser esquecido e ficar por fora do que tem acontecido no mercado, né?

Tem mais alguma dica para trabalhar com home office?! É só comentar =)

Tags:
0 Com.

Palestras do Prof. João Braga na FAAP

Se você nunca assistiu uma aula ou palestra do historiador João Braga, agora você vai ter quatro oportunidades bem legais!

A FAAP fará um ciclo de palestras com ele sobre diferentes temas, que acontecerá em alguns sábados entre agosto e novembro.

Palestra Joao Braga

 

A palestra individual custa R$ 70,00, mas se você for em todas tem um descontinho. Para mais informações, é só clicar aqui.

Se você puder ir, vá que vai valer muito a pena!