Os brasileiros do BoF 500

O Business of Fashion, ou BoF, um site focado em notícias de business de moda do mundo inteiro, divulgou na sexta-feira passada uma lista com as 500 pessoas que mais influenciam o mercado mundial. No BoF 500, nome dado ao projeto, tem gente de tudo que é país, dos EUA ao Qatar, e o nosso Brasilzão não ficou de fora! Depois de uma longa pesquisa, foram escolhidos 15 profissionais para participar da lista – ficamos em 7o. lugar entre os países com mais nomes!

Hoje a gente vai conhecer quem são esses brasileiros tão significativos na moda e saber um pouco mais sobre o que cada um fez para merecer o mérito:

Herch

Alexandre Herchcovitch, estilista: É referência na moda brasileira desde sua coleção de formatura da Faculdade de Moda, no comecinho dos anos 90. Hoje desfilando na SPFW e na NYFW e com lojas fora do Brasil, Alexandre é muito bem sucedido em manter sua marca de roupa que tem um apelo mais ousado e fechar parcerias e licenças com grandes redes, como Tok & Stok e Zêlo, atingindo o grande público. Também possui a Herchcovitch; Alexandre, marca de jeanswear que desfila no Fashion Rio.

Alice

Alice Ferraz, fundadora do escritório de RP Ferraz Moda e do F*Hits: Seu escritório é um dos mais importantes do setor do luxo, prestando serviços para grifes de prestígio desde 1996. A plataforma F*Hits, que reune 25 bloggers escolhidos a dedo por ela, totaliza 5 milhões de visitantes únicos por mês.

Carlos

Carlos Jereissati, presidente e chefe executivo do Grupo Iguatemi: Responsável pelo grupo que comanda 13  dos maiores shoppings do Brasil, entre eles JK Iguatemi, Iguatemi São Paulo (o shopping que mais lucra por m2) e Galleria Shopping (RJ), foi importante para o país por trazer grandes nomes do luxo como Tiffanys e, mais recentemente, Lanvin.

Costanza

Costanza Pascolato, colaboradora da Vogue Brasil (e responsável pela tecelagem Santaconstancia): Do alto de seus 74 anos, Costanza já teve (e tem!) muitos papéis importantes na moda brasileira. Hoje é colunista da Vogue, tem livros publicados, é consultora para algumas marcas, como H. Stern, cuida dos negócios da Santaconstancia e mantém um blog na plataforma Shop2gether. (Musa!)

Daniela

Daniela Falcão, editora-chefe da Vogue Brasil: Daniela foi chamada para comandar o time da Vogue afim de levar um olhar mais feminino para a revista. Apoia o Brasil e a moda como pode, fazendo ensaios em Foz do Iguaçu e destacando estilistas nacionais, e colaborou para a criação da Globo Condé Nast, joint venture das Organizações Globo e a gigante Condé Nast.

erika

Erika Palomino, editora-chefe da L’Officiel Brasil: Tida como autoridade no jornalismo de moda, Erika acumula mais de duas décadas escrevendo sobre o tema. Hoje é a editora-chefe da revista L’Officiel Brasil e consultora da marca Melissa.

gloria

Gloria Kallil, fundadora do Chic: Consultora de moda, tem um dos nomes mais conhecidos quando se fala de estilo e etiqueta. Ficou na notória (e falecida) Fiorucci por mais de 17 anos, tem 4 livros e é dona do site Chic, onde posta vídeos e textos sobre estilo e etiqueta.

Helena

Helena Bordon, fundadora do helenabordon.com: Filha da ex-Daslu Donata Meirelles, a socialite é co-fundadora da marca jovem 284. Estagiou na Valentino em NY e hoje tem um site no qual posta dicas de estilo, beleza e viagem e tem parcerias com a Martha Medeiros, LOOL e Shop2gether.

José

José Auriemo Neto, presidente do shopping Cidade Jardim: O executivo é CEO e chairman da JHSF, empresa brasileira do setor imobiliário que cuida de propriedades residenciais e comerciais. Além de supervisionar hotéis e outros empreendimentos do grupo, ele é responsável pelos shoppings da empresa, entre eles o Cidade Jardim. Ele foi o responsável por fechar os contratos de exclusividade do shopping com marcas de alto luxo, como Jimmy Choo, Hermès e, mais recentemente, Valentino.

Monica.JPG

Monica Mendes, fundadora do escritório de RP Monica Mendes Communications: Com seu escritório na ativa há mais de 20 anos, Monica é uma peça-chave no mundo do luxo no Brasil. Participou da abertura da primeira marca de luxo no brasil (não achei qual foi =/), tem importantes conexões fora do Brasil e possui em sua cartela de clientes grifes como Hermès e Dolce Gabbana.

Natalie

Natalie Klein, fundadora da NK Store (e da Talie NK): Herdeira da Casas Bahia, Natalie abriu sua multimarcas em 1997, tendo exclusividade de marcas como Chloé, e desde então é referência nesse mercado. Criou sua própria marca, a Talie NK, abriu uma filial da NK Store no RJ, lançou seu e-commerce e, esse ano, fechou parceria com a Farfetch para que sua marca tenha um alcance mundial.

Oskar

Oskar Metsavaht, estilista da Osklen: Oskar é o criador da Osklen, marca que produzia roupa esportiva e depois migrou para o ramo de luxo e é muito bem conceituada no mercado internacional, com lojas em diversas cidades do globo e desfiles na SPFW e NYFW. Ele também fundou o Instituto-e, uma ONG focada em desenvolvimento sustentável, fazendo parcerias com empresas e institutos e criando tecidos de materiais que seriam descartados, como o couro de salmão. O estilista acumula uma coleção de prêmios e nomeações devido a esse trabalho e já foi inclusive nomeado Embaixador da Boa Vontade pela UNESCO e convidado a integrar o board do Greenpeace.

Patricia

Patrícia Viera, estilista de sua grife homônima: Seu sucesso vem do trabalho excepcional com couro, criando e reeditando-o em diversas formas, texturas e cores. Suas peças podem ser encontradas em multimarcas renomadas pelo mundo, como a Browns em Londres e Collette em Paris.

Paulo

Paulo Borges, fundador e diretor artístico do SPFW: CEO de Marketing e Produção de Eventos da Luminosidade, empresa pela qual cuida dos dois eventos criados por ele e que estão entre os mais importantes do mundo: SPFW e Fashion Rio. Também é conhecido por ajudar a alavancar nomes nacionais para o cenário mundial, como Lucas Nascimento e Alexandre Herchcovitch.

Pedro

Pedro Lourenço, estilista de sua grife homônima: FIlho de Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço, Pedro lançou sua primeira coleção aos 12 anos, por meio da Carlota Joaquinha, grife de sua mãe. Desfila sua marca própria em Paris desde 2010, sempre muito aclamado pela crítica especializada, como Carine Roitfeld.